Google+ Followers

quarta-feira, 23 de abril de 2014

A origem do Natal!

Caro irmão, amigo e leitor,

"Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo." (Filipenses 1:2)

O estudo apologético abaixo não foi idealizado totalmente por mim e sim pela maioria dos estudiosos no assunto em defesa da fé, segue abaixo um compêndio de informações. 



A ORIGEM DO NATAL


Será o Natal realmente a celebração do nascimento de Jesus Cristo? Nasceu Jesus em 25 de dezembro? Será que os primeiros apóstolos que foram ensinados pessoalmente por Jesus, alguma vez celebraram o nascimento do "menino" Jesus? Será que eles o comemoravam no dia 25 de dezembro? Ou em qualquer outro dia? Se o Natal é uma das maiores festas da cristandade, por que será que os pagãos o celebram também? Você sabe? E os símbolos do natal, você conhece a origem deles? Do "Papai Noel", da "Árvore", das "Luzes", das "Guirlandas", da troca de "Presentes"? Vamos então aos fatos!

OBS: OS PAGÃOS, SEGUNDO AO DICIONÁRIO AURÉLIO: " ADEPTO DE QUALQUER RELIGIÃO EM QUE NÃO SE ADOTA O BATISMO."

I - O SIGNIFICADO DE "NATAL"
A palavra "Natal" - tem a ver com nascimento, ou aniversário natalício,  atualmente, com o dia em que geralmente se comemora o nascimento de Jesus Cristo. Este vocábulo não aparece na Bíblia, e também não foi utilizado pelos primeiros apóstolos. A "festa de Natal" não se inclui entre as festas bíblicas, e não foi instituída por Deus. Teve origem na Igreja Católica Romana a partir do século IV, e daí se expandiu ao protestantismo, e ao resto do mundo. É fato que o Natal não foi observado pelos primeiros cristãos, durante os primeiros duzentos ou trezentos anos desta era.


II - A DATA DO NASCIMENTO DE JESUS
Com certeza, Jesus não nasceu em 25 de dezembro! Pelo exame da Palavra de Deus sabemos que Jesus não nasceu em dezembro! Lucas 2:8 diz: "Ora, havia naquela mesma região pastores que estavam no campo, e guardavam os seus rebanhos, durante as vigílias da noite." Dezembro é tempo de inverno. Costuma chover e nevar na região da Palestina ( Confira na Bíblia em Cantares de Salomão 2:11 - Esdras 10:9-13 ). Conseqüentemente, os pastores não poderiam permanecer ao ar livre nos campos durante as vigílias da noite. Naquela região, as primeiras chuvas costumam chegar nos meses de outubro e novembro. Durante o inverno os pastores recolhem e guardam as ovelhas no aprisco... Eles só permanecem guardando as ovelhas ao ar livre durante o verão! Com certeza, o nosso Senhor não nasceu em 25 de dezembro, quando nenhum rebanho estava no campo! A data exata do nascimento de Jesus é inteiramente desconhecida. O mais plausível é que tenha sido no começo do outono - provavelmente em setembro, aproximadamente seis meses depois da Páscoa.


III - A ORIGEM DO 25 DE DEZEMBRO
Tem a ver com a festividade da Brunária pagã (25 de dezembro), que seguia a Saturnália (17-24 de dezembro) celebrando o dia mais curto do ano e o "Novo Sol"… Essas festividades pagãs eram acompanhadas de bebedices e orgias… Pregadores cristãos do ocidente e do oriente próximo, protestaram contra a frivolidade indecorosa com que se celebrava o nascimento de Cristo, enquanto os cristãos da Mesopotâmia acusavam os irmãos ocidentais de idolatria e de culto ao Sol, por aceitarem como Cristã a festividade pagã. Com a aprovação dada por Constantino para a guarda do domingo, dia em que os pagãos adoravam o Sol, e como a influência do maniqueísmo pagão que identificava o filho de Deus como o Sol físico, proporcionou a esses pagãos do século IV, agora "convertidos" em massa ao "cristianismo" o pretexto necessário para chamar a festa de 25 de dezembro (dia do nascimento do deus-Sol) de dia do nascimento do filho de Deus, assim foi que "o Natal" se enraizou no mundo ocidental! O Natal é, portanto, a mesma velha festividade pagã de adoração ao Sol. A única coisa que mudou foi o nome.


IV - A ÁRVORE DE NATAL E OS PRESENTES
A origem da árvore de Natal vem da antiga Babilônia... Vem de Ninrode, neto de Cão, filho de Noé. Ninrode se afastou de Deus e enveredou-se pelo caminho da apostasia. Segundo se sabe, Ninrode era tão perverso que se teria se casado com a própria mãe, cujo nome era Semíramis! Após a sua morte, sua mãe-esposa propagou a doutrina maligna da sobrevivência de Ninrode como um ente espiritual. Ela alegava que um grande pinheiro havia crescido da noite para o dia, de um pedaço de árvore morta, que simbolizava o desabrochar da morte de Ninrode para uma nova vida. E, todo ano, no dia de seu aniversário de nascimento ela alegava que Ninrode visitava a árvore "sempre viva" e deixava presentes nela. Entre os druidas, o carvalho era sagrado, entre os egípcios as palmeiras, em Roma era o Abeto, que era decorado com cerejas negras durante a Saturnália. O deus escandinavo Odin era crido como um que dava presentes especiais na época de Natal a quem se aproximava do seu Abeto Sagrado. Esta é a verdadeira origem da "Árvore de Natal" e da prática de se dar "presentes"! Jeremias 10:2-4 - "Assim diz o Senhor: Não aprendais o caminho das nações, nem vos espanteis com os sinais do céu; porque deles se espantam as nações, pois os costumes dos povos são vaidade; corta-se do bosque um madeiro e se lavra com machado pelas mãos do artífice. Com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que não se mova."


V - O "PAPAI" NOEL E A PRÁTICA DE SE DAR PRESENTES ÀS ESCONDIDAS
O velho "Noel" não é tão bondoso e santo quanto muitos pensam! O nome "Papai Noel" é uma corruptela do nome "São Nicolau", um bispo romano que viveu no século V. Na Enciclopédia Britânica, vol.19 páginas 648-649, 11ª edição inglesa, consta o seguinte: "São Nicolau, bispo de Mira, um santo venerado pelos gregos e latinos no dia 6 de dezembro… A lenda de suas dádivas oferecidas as escondidas, de dotes, às três filhas de um cidadão empobrecido…" Daí teria surgido a prática de se dar presentes"as escondidas" no dia de São Nicolau (6 de dezembro). Mais tarde essa data fundiu-se com o "Dia de Natal" (25 de dezembro), passando a se adotar também no natal essa prática de se dar presentes "às escondidas", como o fazia o Saint Klaus (o velho Noel!). Daí surgiu a tradição de se colocar os presentes às escondidas junto às árvores de natal!


VI - A COROA DE AZEVINHO OU GUIRLANDA
Às vezes conhecida por "coroa de Natal" ou "Guirlanda" são memoriais de consagração. Em grego é "stephano", em latim "corona" - podem ser entendidas como:- enfeites, oferendas, ofertas para funerais, celebração memorial aos deuses, celebração memorial à vitalidade do mundo vegetal, celebração das vítimas que eram sacrificadas aos deuses pagãos, celebração nos esportes. Significam um "Adorno de Chamamento" e, conseqüentemente, são porta de entrada de deuses. Razão pela qual, em geral, se colocam as guirlandas nas portas, como sinal de boas vindas! A maior parte dos deuses pagãos do Egito aparecem sempre com a "guirlanda" na cabeça! A Bíblia não faz qualquer menção de uso de "guirlanda" no nascimento de Jesus. Só existe uma guirlanda na Bíblia, e esta foi feita por Roma para colocar na cabeça de Jesus no dia da sua morte. Esta guirlanda de espinhos é símbolo de escárnio!


VII - VELAS OU LUZES
O Uso de velas é um ritual pagão dedicado aos deuses ancestrais. A vela acendida está fazendo renascer o ritual dos solstícios, mantendo vivo o deus sol. Mais recentemente, em lugar das velas passou-se a adotar velas elétricas, velas à pilha, e, finalmente, as luzes - o sentido é o mesmo!


VIII - PRESÉPIO
O presépio é um altar a Baal, consagrado desde a antiga babilônia. É um estímulo à idolatria! Os adereços encontrados no chamado presépio são simbologias utilizadas na festa do deus sol. O Presépio estimula a veneração das imagens e alimenta a idolatria… Em Êxodo 20:1-6, lemos:- "Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos."; em I Cor 10:14-15 está escrito: "Portanto, meus amados, fugi da idolatria. Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo.". No Brasil a abertura da comemoração do Natal é feita com uma famosa "Missa do Galo", a qual é celebrada sempre diante de um presépio, um "altar consagrado", cujas figuras estão relacionadas com a Babilônia, e não com a realidade do Evangelho.


CONCLUSÃO
 1. A Bíblia diz: "… e não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as;" - Efésios 5:11 - "Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só;" - I Samuel 7:3
2. Instruirmos nossos filhos e membros: "conhecereis a verdade e a verdade vos libertará." João 8:32; "E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2): Jesus disse: "Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homem." (Mateus 15:9); Além disso, Jesus disse: "E assim por causa da vossa tradição invalidastes a palavra de Deus." (Mateus 15:6).
3. Resistirmos ao espírito satânico do consumismo no Natal.
4. Não é errado desejar um feliz Ano Novo para alguém, porém agora que sabemos da origem pagã dos símbolos e práticas do natal, não se mostra adequado desejar tão somente: "Feliz Natal", sobretudo ao não cristão! Seria mais conveniente se disséssemos algo mais ou menos assim: "Que o Senhor Jesus Cristo te abençoe nestes dias...";

 Não há mandamento ou instrução alguma na Bíblia para se celebrar o nascimento de Cristo! Somos orientados sim a lembrar da sua morte e ressurreição que nos proporcionou a Vida
(I Cor. 11:24-26; Jo. 13:14-17).


DEUS ABENÇOE A TODOS!



domingo, 13 de janeiro de 2013

Palavra do dia!

http://bible.us/Mark11.24.NTLH-PT Por isso eu afirmo a vocês: quando vocês orarem e pedirem alguma coisa, creiam que já a receberam, e assim tudo lhes será dado.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A VIDA EM MEIO A TEMPESTADES!

Caro irmão, amigo e leitor,
"Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo." (Filipenses 1:2)
A VIDA EM MEIO A TEMPESTADES!
"E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo:
Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença.
Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do SENHOR para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do SENHOR.
Mas o SENHOR mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se." (Jonas 1:1-4)
Nossas vidas são repletas de adversidades, tribulações, pelejas e tempestades. Mas em todas: DEUS está conosco! Amém.
Sendo Jonas um escolhido de Deus para pregar o arrependimento a cidade de Nínive, como um filho obediente, deveria cumprir com a missão que o Pai determinou. Ao contrariar a Sua vontade, trouxe uma grande tempestade para perto de si.
Ao estar no centro da vontade de Deus as coisas fluem pelo Seu querer, porém, ao contrário, nos colocamos dentro das provações da vida!
Jonas procurou o caminho mais difícil, mas ninguém escapa dos olhos do Senhor! Mas quando o homem entra em uma tempestade, onde os ventos são contrários e a sua força é insignificante, ele reconhece que sem Deus, nada pode fazer!
Mas ao decorrer do processo em que Jonas teve que passar, ele foi preparado por Deus com a humildade, oração, jejum e confiança.
Hoje eu creio que você estas como Jonas na presença de Deus. Querendo fugir da sua luta, da opressão, da perseguição e abandonar todas as promessas que o Pai determinou em sua vida, pois a grande tempestade está lhe maltratando demais, mas fica firme, nas tempestades que Deus permite você passar, Ele mesmo se encarregada de mandar cessar! Não pare!
Deus Ama Você!
"E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo.
E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! que perecemos.
E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?" (Mateus 8:24-27)
Lembre-se: A embarcação comandada por Jesus Cristo, nunca afunda em meio a tempestade. Acima os discípulos tiveram grande temor e falta de fé, mesmo estando com o "Rei da Glória"! Nesta "viagem" em meio a grandes tempestades que tens passado, o Senhor dará a ordem para o mar e a tempestade se aquietar. Amém. Saiba que em meio a tudo que tens passado, até mesmo o seu adversário perguntando: onde estás o teu Deus? Responda para ele: Ele está me sustentando até que a tempestade passe e eu chegarei até o fim, em nome do Senhor dos Exércitos!
"E, andando nós agitados por uma veemente tempestade, no dia seguinte aliviaram o navio.
E ao terceiro dia nós mesmos, com as nossas próprias mãos, lançamos ao mar a armação do navio.
E, não aparecendo, havia já muitos dias, nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não pequena tempestade, fugiu-nos toda a esperança de nos salvarmos.
E, havendo já muito que não se comia, então Paulo, pondo-se em pé no meio deles, disse: Fora, na verdade, razoável, ó senhores, ter-me ouvido a mim e não partir de Creta, e assim evitariam este incômodo e esta perda.
Mas agora vos admoesto a que tenhais bom ânimo, porque não se perderá a vida de nenhum de vós, mas somente o navio." (Atos 27:18-22)
O espírito de ousadia que estava em Paulo não o deixou confuso na pior hora de sua vida. Preso, acusado e desprezado, ele escutou, entendeu e obedeceu a voz de Deus. Em meio a todas as adversidades possíveis, não afastou a confiança e a esperança em sua salvação. Ele tinha que ir até o destino que Deus determinou e nem a tempestade iria impedir.
Muitos esperam a sua queda e a sua derrota para aplaudirem de pé! Mas saiba que os planos e os propósitos de Deus serão todos cumpridos pois Ele é imutável e fiel!
O poder de Deus opera na nossa fraqueza, pois quando estamos fracos, aí é que estamos fortes em Cristo Jesus. (II Cor 12: 9-10). O Senhor conhece o seu limite! Tu não morrerás! Os teus inimigos te adorarão aos teus pés!
"Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome." (Apoc 3:8)
DEUS ESTÁ NO CONTROLE DE SUA VIDA!


quinta-feira, 7 de junho de 2012

VITÓRIA!

Caro irmão, amigo e leitor,

"Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo." (Filipenses 1:2)

VITÓRIA: DEUS ESTÁ PREPARANDO A SUA!





"Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor."
 (Romanos 8:31-39)

A epístola do Apóstolo Paulo aos Romanos tem seu fundamento na fé em Cristo Jesus, como o único salvador (nosso redentor).
Nesta passagem, em especial, ele demonstra que a verdadeira vitória estar por vir. Entre lutas, perseguições, pelejas e morte, o amor de Deus para conosco é imenso e desafia aos que são contra o seu povo.
Ficam nas palavras de Paulo, o otimismo, a presença de Deus, a justificação da nossa fé e a certeza de que com Deus, tudo dará certo.
Deus conhece a sua necessidade! Sabe o limite que você pode suportar. Conhece as acusações que vens sofrendo, mas Ele te justificará!
Não é a hora de desistir de seus objetivos e nem de parar, porque o que Deus preparou pra você é bem maior do que você pode imaginar. Aquilo que não passou na sua mente, nem desceu em seu coração, é o que Deus tem preparado para os seus (1 Cor 2:9).
Os que querem lhe afastar de Deus sabem que através de ti está a porta da VITÓRIA.

“Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.” (Josué 1:9)

DEUS AMA VOCÊ!
A PAZ DE DEUS!

quinta-feira, 22 de março de 2012

O PODER DE DEUS!

Caro irmão, amigo e leitor,

A paz de Deus e da do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!


O Poder de Deus!


"Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças." (Filipenses 4:6)
...
"Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4:11-13)

Paulo, apóstolo segundo a vontade de Deus, manifestou sua sabedoria em prol da divina graça de Jesus Cristo. A carisma existente em seu coração pela verdadeira obra de Deus, fez com que ele levasse a Sã doutrina aos lugares em que o Espírito Santo o guiava. Na cidade de Filipos havia um povo predestinado a receber a PALAVRA de vitória e PODER. Localidade onde Paulo esteve na sua Segunda Viagem Missionária e após dez anos, produziu esta carta de e alegria. Apesar de aprisionado, o apóstolo não se deixou levar pela situação ao ponto de se entregar às dificuldades, antes demosntrou para o povo de Filipos que, apesar de tudo que se passára em sua vida, a Fortaleza de Deus estava acima de qualquer adversidade.

Na primeira parte citada acima, a inquietação tomava os corações dos filipenses pela prisão do apóstolo, mas o primeiro conselho de Paulo foi a ORAÇÃO, pois nem o cárcere tiraria a alegria de Paulo em Cristo Jesus.

Meus amados, eis o segredo para que as providências divinas em suas vidas comecem a aparecer! Faça com que os seus pedidos cheguem até a Deus, por Jesus Cristo! Deus quer ver o seu AGIR! Não desanimes no meio da batalha! você atingirá o seu OBJETIVO em nome do Senhor Jesus! Ainda que muitos possam lhe ver em situações difíceis e desacreditarem na sua VITÓRIA, o Deus Todo Poderoso colocará força em seu coração transformando todas as suas tristezas em alegrias!

Matemática simbólica para o entendimento:

ORAÇÃO = orar + ação;
SÚPLICA = implorar, pedir com humildade;
AÇÃO DE GRAÇAS = Agrado ou atrativo nas palavras, maneiras e atitudes de alguma pessoa para com Deus;
RESULTADO: Providência Divina, Libertação e Vitória. AMÉM!

 

Na segunda parte, notamos que Paulo exemplificou os altos e baixos da sua vida e demonstrou que nada daquilo influenciou a desacreditar no Deus VIVO, muito menos o separou do amor em Cristo Jesus pois, dada a sua mente cristã madura e iluminada, não se vive só de bençãos. Eu creio que ao ler esta mensagem Deus vai abrir o seu entendimento, as escamas dos seus olhos cairão e você verá a Glória de Deus em sua vida!!!
Paulo quando disse: "Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece", ele também quis dizer que nem só as coisas boas deveriam acontecer na vida dele e sim, tudo aquilo que Deus determinasse, pois ele sabia que Deus iria ajudá-lo em tudo.

Eu tenho a plena fé e convicção que na aceitação do que você está passando neste momento o Senhor irá te FORTALECER, e quando menos você esperar a sua VITÓRIA chegará.

"E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." (2 Coríntios 12:9-10)

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. (Romanos 10:17)

Deus ama você!
A paz de Deus!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Entre a Cruz e a Espada!


Caro irmão, amigo e leitor,

A paz de Deus e da do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

"Porquanto vos digo que importa que em mim se cumpra aquilo que está escrito: E com os malfeitores foi contado. Porque o que está escrito de mim terá cumprimento. E eles disseram: Senhor, eis aqui duas espadas. E ele lhes disse: Basta. E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram. E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação. E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava,
Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. E apareceu-lhe um anjo do céu, que o fortalecia. E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão. E, levantando-se da oração, veio para os seus discípulos, e achou-os dormindo de tristeza. E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação. E, estando ele ainda a falar, surgiu uma multidão; e um dos doze, que se chamava Judas, ia adiante dela, e chegou-se a Jesus para o beijar. E Jesus lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho do homem? E, vendo os que estavam com ele o que ia suceder, disseram-lhe: Senhor, feriremos à espada? E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe a orelha direita. E, respondendo Jesus, disse: Deixai-os; basta. E, tocando-lhe a orelha, o curou. E disse Jesus aos principais dos sacerdotes, e capitães do templo, e anciãos, que tinham ido contra ele: Saístes, como a um salteador, com espadas e varapaus? Tenho estado todos os dias convosco no templo, e não estendestes as mãos contra mim, mas esta é a vossa hora e o poder das trevas. Então, prendendo-o, o levaram, e o puseram em casa do sumo sacerdote. E Pedro seguia-o de longe." (Lucas 22: 37-54)

Esta passagem retrata fielmente a força de Deus em nós, através do poder da oração.

Era chegado o maior momento de aflição de Jesus Cristo relatado nas sagradas escrituras. Segundo consta no texto, tudo seria consumado! A começar do sofrimento do Filho do Homem!

Fica neste exemplo o ensinamento de Cristo para nós: a oração de um justo pode muito em seus efeitos” (Tiago 5:16) e “posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13)!

Mas este sofrimento intenso, onde começou o caminho para o Gólgota, que O deixou entre a Cruz e a Espada, não o desanimou de cumprir a Sua missão.

Será que você sabendo do dia da sua morte, teria forças para seguir em frente?

Se você respondeu: SIM, em nome do Senhor Jesus! Parabéns! Pois agora, aquilo que nos atormenta, aflige, sufoca, desafia, persegue e atribula, ficará por terra. Tudo aquilo que nós potencializamos negativamente em nossas vidas se tornam grandes problemas. Faça o teu Deus grande como ninguém e o seu problema se resumirá em pó. Pois se creres, verás a glória de Deus.

Não dê crédito àquele que não tem ficha limpa diante de Deus. O adversário das nossas almas é impotente e sem autoridade para intervir em nossas vidas sem a permissão do Pai.


A cena descrita por Lucas acerca da prisão de Jesus Cristo mostra que tudo ocorreu para ser cumprido a vontade de Deus: “Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua”. Por ser potente e zeloso em cumprir a sua palavra, tudo teria de ser consumado com a morte de Cruz, para hoje, a graça de Deus superabundar na terra e nós gozarmos dela imerecidamente tendo o direito da salvação em Cristo Jesus.

Se hoje a sua vida toma um rumo onde você não vê saída, saiba de uma coisa: o que Deus tem para você é bem maior do que você está passando, pois o adversário sabe que quando a sua vitória está chegando! E ele ataca com todas as suas inúteis forças para você desistir do seu Deus e das suas promessas. Diga para ele agora: Nunca, Jamais...Pois tudo é possível àquele que crer. (Marcos 9:23),

A vitória é sua!
Deus ama você!
E a vida eterna Ele quer vos dar!



Amém!